Categorias
Recursos WordPress

Qual é o melhor plugin de cache para WordPress? [Teste Completo]

Muito da gestão de um WordPress é questão de preferência, mas um ponto é indiscutível: você tem que ter um bom plugin de cache caso queira crescer!

Um bom caching vai te trazer benefícios imperdíveis, como..:

  • Site carregando muito mais rápido;
  • Melhores resultados no Google e outros buscadores;
  • Estabilidade em picos de acesso;
  • Mais visualização de páginas;
  • E usuários muito mais satisfeitos.

É por isso que nós testamos os melhores plugins do mercado mundial, avaliando os fatores mais importantes da escolha para te ajudar a tomar essa decisão. Aproveite! 😀

Ah, e já aproveito para te avisar que a Infinite oferece plugin de cache premium para todos os clientes - e é 100% de graça!

O que é cache e como funciona?

O cache é uma cópia estática do seu site que agiliza o carregamento das páginas por parte do usuário.

Digo “estática” pois um site é como um organismo vivo: você tem centenas, senão milhares, de arquivos e linhas de código que compõem o sistema -- e todos eles são processados pelo servidor quando um visitante acessa o seu site. A função do cache é simplesmente criar “resumos” do site para acelerar esse processamento.

Uma boa analogia é como se um cache fosse uma fotografia do seu site: ao invés do servidor processar todo o código do site (como um grande vídeo), ele entrega um pequeno retrato pré-processado que carrega muito mais rápido e consome bem menos recursos.

É justamente por esse motivo que às vezes temos que limpar o cache dos nossos navegadores (browser caching). Como a sua máquina está com uma versão estática armazenada (ou seja, uma foto da sua última visita), você só consegue acessar a versão antiga até o cache ser renovado.

E ATENÇÃO: não vamos recomendar nada que deixe o seu site desatualizado! Como o cache pode ser parcial, um bom plugin sempre entregará as atualizações relevantes para o visitante, evitando esse tipo de problema.

Em suma, o cache garante que o seu usuário sempre carregará apenas o indispensável! 🙂

Quais são as vantagens de ter um plugin de cache?

Comparativo de performance de um WordPress com e sem conteúdo

O fato é que o WordPress é uma plataforma super leve, porém todos nós a “engordamos” usando dezenas de plugins, imagens, estilos de layout et cetera. O WP é como uma mochila, que só tem utilidade se tem coisa dentro — mas quanto mais coisas dentro, maior o peso.

O objetivo do cache é impedir que a mochila do WordPress pese tanto que você venha a ter problemas de coluna!

Aqui vão alguns benefícios de ter um bom plugin de cache no seu WordPress:

Ah, aproveito pra informar que a Infinite também oferece otimizador de imagens gratuito, hein? Migre logo pra cá! 🙂

Aliás, os plugins de cache têm duas grandes funções:

  • Otimiza o carregamento do seu site.
  • Deixá-lo mais resistente em picos de acesso.

A escolha do melhor plugin depende do equilíbrio dessas funções, afinal de contas, não adianta ter um site super rápido que cai assim que você faz uma promoção, por exemplo.

É por isso que o teste logo abaixo aborda os dois temas, assim a gente pode tirar uma média das performances e cravar o nosso veredito.

Teste de Plugins de Cache: Fundamentação

Para criar um teste confiável e sem dados enviesados, a nossa equipe técnica pegou um plano Névoa Infinite na DigitalOcean e instalou um WordPress com conteúdo aleatório para testar os plugins sem contaminação de dados.

Esses foram os tipos de teste executados:

  • Teste de otimização de carregamento do site;
  • Teste de estresse (pico de acessos).

O ambiente de testes

  • Plano Névoa Infinite no datacenter DigitalOcean;
  • PHP na versão 7.4;
  • Servidor Web (Software) LiteSpeed Enterprise;
  • Instalação de um WordPress 5.6 zerado;
  • Tema de WordPress Ameya na versão 1.0.27;
  • Conteúdo do site gerado através do Fakerpress.

Para garantir que o teste seria o mais isento possível, não fizemos a nossa típica otimização de CDN. Também não configuramos o cache de objetos com o uso do Memcached ou Redis, por exemplo.

Exploramos o máximo dos plugins e mais nada!

Plugins de WordPress testados:

Selecionamos nove dos plugins de cache mais promissores do mercado em suas últimas versões:

  • Breeze v.1.1.9 [Free]
  • Cache Enabler v.1.6.2 [Free]
  • Hummingbird by WPMUDev v.2.7 [Freemium]
  • LiteSpeed Cache v.3.6.2 [Free]
  • W3 Total Cache v.2.1.0 [Freemium]
  • WP Fastest Cache v.0.9.1.4 [Freemium]
  • WP Optimize v.3.1.6 [Freemium]
  • WP Rocket v.3.8.5 [Premium]
  • WP Super Cache v.1.7.1 [Free]

Resultados dos Testes

Vamos começar pelos testes de estresse variando de 200 a 800 acessos por minuto — equivalentes a 288 mil e 1.15 milhões de acessos por dia, respectivamente.

A intensidade dos testes é crucial pois isso gera cargas enormes de requisições, que nada mais são que solicitações do navegador para baixar dados que ainda não foram cacheados.

Em suma, quanto mais requisições um plugin de cache conseguir responder em um curto espaço de tempo, melhor o carregamento e menor a probabilidade do site cair.

Para realizar os testes de estresse, nossa equipe optou pelo software "hey", utilizado para a realização de testes de carga em aplicativos web.

Todos os testes de estresse partiram de um node dedicado na DigitalOcean de 1GBps em NYC. Também foram realizados três testes com cada plugin, com o melhor sendo coletado para a comparação com os outros plugins.

Teste de Estresse: 200 visitantes por minuto

Gráfico mostrando os resultados do teste

O comando utilizado foi:

for i in {1..3}; do hey -c 240 -z 60s https://wpcachebenchmark.dev.goinfinite.net/; done

Nesse teste, os plugins que conseguiram responder bem a várias chamadas foram o "LS Cache", "WP Fatest Cache" e o "W3 Total Cache".

O W3TC se superou atendendo 88.629 requisições — sendo 1400 reqs por segundo — o que significa uma média de 0.16 segundos para cada resposta. O resultado é só um pouco melhor do que o Fastest Cache (88.022 reqs) e o LS Cache (87.101 reqs), o que poderia ser causado por variações naturais entre os períodos dos testes apesar de termos realizados 3 testes para cada plugin.

Já o Breeze (6.857, 110/sec) e os demais perderam de lavada, sendo o pior deles o WP Super Cache (3.915, 61/sec). Pior que isso, só a versão sem plugins com míseras 59 respostas.

O baixo número se dá porque a falta de cache obrigou o servidor a processar tudo sozinho a cada visita, o que esgotou os recursos computacionais da nuvem. (Ou seja, o site teria caído e seu dono perdido milhares de acessos em questão de segundos.)

Veja todos os testes neste link aqui.

Error distribution: [718] Get "https://wpcachebenchmark.dev.goinfinite.net/": context deadline exceeded (Client.Timeout exceeded while
awaiting headers)

Teste de Estresse: 800 visitantes por minuto

Gráfico mostrando os resultados do teste

Para realmente vermos a capacidade desses plugins, simulamos um cenário de 1 milhão de acessos por dia, levando os plugins ao limite.

O comando utilizado foi:

for i in {1..3}; do hey -c 800 -z 60s https://wpcachebenchmark.dev.goinfinite.net/; done

Aqui você pode notar que tivemos uma pequena dança das cadeiras: o LS Cache venceu respondendo 87.992 requisições (1501 por segundo) e assim tirando o primeiro lugar do W3TC, que respondeu 85.994 (1435 por segundo). Note que ainda temos os mesmos 3 plugins nos primeiros lugares, o que comprova consistência de seus desempenhos.

O Breeze não é mais o “melhor dos piores”, dando lugar ao WP Optimize, mas de resto tudo ficou igual: WP Super Cache e o famoso WP Rocket só ganham de sites sem cache.

Vale um adendo aqui que os resultados poderiam ter sido diferentes caso tivéssemos testado em um WordPress com WooCommerce ou bbPress por exemplo, já que alguns plugins possuem otimizações específicas para estas plataformas. Em breve faremos uma publicação abordando exatamente esse cenário para sanar essa curiosidade.

Veja todos os testes neste link.

Teste de Tempo de Carregamento

Agora que sabemos os plugins mais resistentes, chegou a hora de saber qual é o mais rápido para você ter aquele up nas buscas do Google.

É importante lembrar que velocidade não é tudo quando se trata de cache, hein? Como mostramos acima, não adianta nada ter um site que carrega rápido, mas sem suportar uma carga mediana de acessos.

Isso dito, vamos aos resultados:
Gráfico mostrando a velocidade de cada plugin

Aqui a gente vê um padrão diferente, no qual os piores plugins no teste de estresse são justamente os que têm as melhores velocidades de carregamento no GTmetrix.

Enquanto o WordPress sem plugin de cache levou 4.9 segundos para carregar, o WP Super Cache deu show carregando em apenas 1.4 secs, seguido do Cache Enabler com 1.6 e o LS Cache com 1.8.

Vale dizer que 3 segundos é considerado o tempo máximo ideal para carregar uma página, então até o Optimize seria viável com seus 2.5.

Se tudo que você quer é velocidade de carregamento, qualquer plugin serve. (Só não se esqueça que não adianta ser ágil se também for frágil!)

Então qual é o melhor plugin de cache para WordPress?

Capa oficial do LiteSpeed Cache

Tudo indica que o LS Cache é o grande vencedor da lista, e a boa notícia é que você pode usá-lo aqui na Infinite de graça!

Digo “aqui na Infinite” porque o LS Cache depende de um servidor LiteSpeed Enterprise para funcionar e poucos hosts além da Infinite utilizam este software, o que impossibilita seu uso.

Ainda não está hospedado na Infinite? Então vá de W3TC ou WP Fastest Cache, ambos na versão premium.

Mas se tudo que você quer é velocidade (mesmo correndo o risco de quedas no site), então o WP Super Cache e o Cache Enabler são as melhores opções já que ambos estão disponíveis gratuitamente. É só ir na aba de plugins do WP!

Não há como negar que ficamos surpresos com os maus resultados apresentados pelo plugin WP Rocket que é tomado pela comunidade como uma das melhores opções. Talvez em nossa próxima rodada de testes, utilizando um WordPress com WooCommerce, obteremos resultados melhores.

Como você pôde ver, o melhor cache para WordPress só vai depender do que você quer resolver. Obviamente, o ideal é que você opte pelo que vai te fornecer velocidade e robustez (LS Cache), mas caso o teu site ainda seja super pequeno, o WP Super Cache e o Cache Enabler serão uma boa para você.

Seja lá qual for a sua escolha, foque na sua realidade e não se esqueça que o melhor plugin está de graça aqui na Infinite. Vem com a gente! 🙂

Por Romário Eichlig

Agilista, Product Designer, e escritor formado pela University of West Florida, UNESA, e I.E. Business School.
https://www.linkedin.com/in/eichligromario/